22.6.15

Uma frase...



São muitos os dias em que paro para pensar mas hoje parei para cortar o cabelo! Depois de um fim-de-semana no minimo intenso, ir à cabeleireira pareceu-me quase uma manhã de spa. O mês está quase a chegar ao fim e eu não sei muito bem para onde ele foi. Sim, tem sido um mês cheio, talvez por isso tenha voado mais depressa do que já voa normalmente. Julho está a chegar e Agosto vem a caminho, mês de crianças a full-time, stress a todo o vapor, mês de frustração no trabalho porque não consigo fazer o que quero e preciso, mês de tratar dos convites de casamento, das decorações, das lembranças, decidir o menú, a música... mês do, supostamente, bom tempo e da vontade de não fazer nada disto e sim ir até à piscina, ao parque ou à praia. Entretanto ainda há Julho e um vestido para comprar... gostava de me sentir positiva em relação a tudo isto mas na verdade antes de positiva sinto-me cansada. 
Não tenho grande alternativa a não ser diminuir as expectativas e minimizar as decepções, afinal o que for será e para casar bastam duas alminhas apaixonadas, duas testemunhas, alianças e algumas libras e isso já temos... 

Sem comentários:

Enviar um comentário