2.2.15

O bolo das clementinas


Pois o amigo C. veio carregado de clementinas, bem boas! Produto nacional e caseiro. Uma produção assim não dura muito tempo à espera de estômago para comer, começam a ficar tocadas e acabam por apodrecer depressa. Foi assim que, para além de encher as miudas de vitamina C que elas muito agradeceram, fiz dois bolos de clementina. O primeiro a titulo experimental e o segundo já aperfeiçoado e cheio de sucesso.


Ingredientes:
6 clementinas + 3 para calda
3 ovos
1 chávena de açucar
1 chávena de farinha
80gr manteiga
1 colher chá de fermento

Preparação:
Descascar as 6 clementinas retirando as partes brancas da pele e caroços que possam haver. Meter no liquidificador até obter apenas suco. Verter para um recipiente e juntar as gemas dos ovos, a farinha, o açucar, o fermento e a manteiga derretida. Misturar tudo muito bem. Bater as claras em castelo e envolver cuidadosamente no preparado acima até obter uma massa uniforme. Deitar para uma forma préviamente untada e levar ao forno a 180º aproximadamente 30 a 40 minutos.
Descascar as restantes 3 clementinas e colocá-las no liquidificador até obter um suco. Coar para um tacho e levar ao lume com 2 a 3 colheres de açucar até obter uma calda. Picar o bolo com um palito e deitar a calda ainda quente no bolo ainda morno lentamente para ir entranhando.

Bom apetite!

Sem comentários:

Enviar um comentário