29.7.14

As vicissitudes de ser Mulher


- Não somos assim tão principiantes, 1907 -

Ontem fiquei escandalizada! Inglaterra tem coisas que não cabem na cabeça de ninguém. Respeita-se os direitos sociais e humanos de todas as nações do mundo e discriminam-se as mulheres na aquisição de um simples seguro de carro.
Estavamos a fazer uma comparação de cotações para o seguro de um carro num dos muitos sites para o efeito, a pesquisa nem era para nós era para uma amiga. Das mil e uma perguntas que temos de responder existe uma que parece tão mais inocente do que todas as outras mas no fim absolutamente esmagadora.
Perguntas respondidas e a cotação para um carro marca Ford modelo KA de 2000, numa zona de médio/baixo risco, para uma condutorA com 13 anos de condução sem acidentes ficava na módica quantia de £1700 isto deve ser aproximadamente uns €1900 (para verem o absurdo da coisa).
Deu-me assim uma ideia luminosa e se trocássemos o Mrs. por Mr.?
Achas?
Não sei, espero que não, mas experimenta.

- Miss Elinor Blevins ao lado do seu carro de corrida em 1915 -


Qual não foi o nosso espanto quando nos deparámos com uma cotação, para o mesmo carro, na mesma zona, mas com um condutor de sexo masculino, de £800 (cerca de €950) - dirão vocês que também é um absurdo mas aqui em Inglaterra as seguradoras vivem realmente BEM!
Mas o que me fez ficar de boca aberta não foram tanto os valores exorbitantes que se praticam por cá, a eles já estou habituada, foi sim a dimensão da discriminação em relação à Mulher como condutora. Só por isto perdi qualquer vontade que pudesse ter em pegar num carro. Para mim isto era caso de tribunal. Igualdade? Enquanto houverem homens que achem que a mulher é um ser inferior que traz ao nascer o chip da casa arrumada e não sabe diferenciar a esquerda da direita... igualdade o tanas! Tentem tapar os olhos mas não os meus, obrigada!
Não sou minimamente femininista, sexista, activista ou outras acabadas em -ista mas haja um pouco de respeito meus Srs. não se esqueçam que estamos a falar das vossas mães.
Inglaterra desiludiu-me! Desculpem lá termos nascido com sexo diferente. Por acaso até são homens que costumam ter a maioria dos acidentes noticiados aqui e ali mas como normalmente morrem não reclamam o seguro, logo não dão prejuiz, deve ser isso...
E tenho dito!

1 comentário:

  1. Pois é minha querida, eu não me espanto com isso! Enquanto tivermos "o dia da mulher" estamos perante um caso de desigualdade e de discriminação. Quem é que já ouviu falar em comemorar "o dia do homem"?

    ResponderEliminar