17.3.14

estou quase lá mas ainda vou a caminho...


Já faz uns anitos, não muitos, talvez uns 5 ou 6, que ando perdida de blogue em blogue. Escrevi num e depois outro e fui mudando porque a minha vida também e o que escrevia não fazia já sentido ali e então mudava para outro porto até que ancorei aqui. Porque para uma perfeccionista como eu é bom lembrar diáriamente que "a vida não tem (mesmo) de ser perfeita" e muitas vezes as imperfeições é que a tornam real e individual.
Sinto-me ancorada a este nome, a este espaço. Como se visse nele a minha segunda casa, a casa virtual, com as paredes cheias de histórias para contar e onde as janelas deixam entrar a luz que refresca o dia a dia e minimiza as imperfeições.
Muitas vezes me perdi neste caminho mas o bom-filho à casa torna e eu retornei sempre e desta vez tive a coragem de ficar e de abdicar para poder permanecer.

Tal como a casa, também o blogue precisa de ser acarinhado. Precisa de crescer à minha medida, para que o sinta meu e que diga algo sobre mim mesmo que eu não "abra a boca".
Não sou nenhuma expert nas novas tecnologias, tenho conhecimentos (muito) básicos sobre html, quando quero que algo fique de uma certa maneira procuro exaustivamente a solução e perco horas nisto mas não durmo em paz se não o conseguir.

Desta casa que estou a transformar em lar, derivam alguns anexos, nomeadamente a minha participação no Pinterest e no Instagram que partilho também com a minha actividade profissional. Mas a rede de todas as redes não podia faltar e no sábado que passou inaugurei a página do blogue no Facebook. Ainda não está como eu quero mas com o entusiasmo que tenho não faltará muito.

Com todas estas mudanças e actualizações é possível que algo possa não funcionar a 100% por alguns minutos ou horas mas tudo farei para ser breve e terminar as remodelações em tempo útil. Entretanto peço a vossa paciência e deixo o meu pedido de desculpa pela poeira e pelo barulho! ♥

Sem comentários:

Enviar um comentário