19.3.14

Aos pais { da minha vida }


Aqui (Inglaterra) não é dia do pai. Foi, no entanto, neste 19 de Março que todos os anos desejei ao meu pai um mundo de felicidade. Com postais, lembranças e palavras tentei sempre mostrar a minha gratidão.
Tenho para mim que cada pessoa já nasce com uma personalidade definida porém são as pessoas e situações que se cruzam no nosso caminho que nos moldam e evidênciam uma ou outra caracteristica com mais rigor e determinação.
O meu pai foi sem dúvida uma pessoa importante no meu crescimento individual e na pessoa que sou hoje encontro muitos "quês" dele, alguns melhores outros piores.
Já noto também na Laura os tantos "quês" que ela vai buscando do pai.
Um pai molda-nos, protege-nos, ajuda-nos, prepara-nos para o mundo (ou pelo menos tenta), enche-nos de momentos para a vida...

Este é o meu pai: 71 anos, viaja de mota pela Europa, desenrasca-se com um computador nas mãos (mesmo que seja à custa de muito stress), luta activamente contra o actual abuso de poder existente em Portugal, lê, escreve, aprende, inventa, muda e cultiva esta sede de viver...


© Luisa Loureiro

Dos momentos na memória:
1 - As boleias de mota à saída da faculdade
2 - As férias na Arrábida
3 - Os países que me levou a conhecer
4 - O orgulho nos filhos que tem
5 - As cadelinhas apanhadas no Algarve
6 - Os jogos de futebol de salão e as partidas de ténis assistidas na bancada central
7 - As horas passadas a fazermos móveis
8 - As constantes mudanças decorativas 
9 - O gira-discos intocável e as músicas de Abril por mim decoradas (ainda hoje sei grande parte delas)
10 - Sempre lá quando é realmente preciso.

Este é o pai delas: 39 anos, desenrascado, mega carinhoso, atencioso, sempre pronto a ir, companheiro, protector, enérgico, lutador, do nada gera brincadeira, voz doce, olhar terno, por elas fará tudo, o melhor pai que elas poderiam ter...
© Cris Loureiro

Os momentos na memória:
1 - As lágrimas no nascimento da Laura
2 - Os passeios em família tantas vezes sem destido
3 - Os almoços por ele preparados
4 - As noites passadas a pé quando eu já não consigo mais
5 - Os dias a 4
6 - As gargalhadas arrancadas à Laura
7 - Os sorrisos doces roubados à Clara
8 - As brincadeiras no parque infantil
9 - Os livros lidos a dois (Laura+pai)
10 - O aconchegar os lençois ao deitá-las
11 - O abraço forte ao entrar em casa
12 - A presença constante
Feliz Dia do Pai!

Sem comentários:

Enviar um comentário