8.2.17

escolhas [quase] perfeitas ♥ a dois


O dia dos namorados é já na próxima terça-feira. Não sou fã do S. Valentim mas tenho muito bons motivos para o comemorar. Já aqui falei várias vezes sobre este assunto e quem me segue há algum tempo sabe que foi a 14 de Fevereiro que conheci o homem que me convenceu a mudar de país; aquele que me abriu as portas para realizar um grande sonho (que também era dele), ter filhos; aquele que todos os dias chega a casa cansado do trabalho mas com um gigante abraço onde cabemos as três; aquele que não baixa os braços, que vai à luta e que, mesmo com as suas inseguranças e medos, não desiste de nós, nem nós dele. E foi a 14 de Fevereiro que nos casámos, e é neste 14 de Fevereiro que comemoramos um ano de casamento e oito de namoro. 

São Valentim, antes conhecido como bispo Valentim, acreditou que o amor devia estar acima da guerra e acabou por ser condenado à morte por celebrar o casamento, fugindo às ordens do então  imperador Cláudio II, que o proibira, achando que homem solteiro era melhor guerreiro.
Na minha perspetiva de ver as coisas acho que este imperador não tinha muita visão... então um homem (bem) casado e com filhos não tem muitos mais motivos para se querer manter vivo e defender os seus? Um homem solteiro tem muito menos a perder, penso eu.

Mataram então o bispo a 14 de Fevereiro. Esta era também a véspera de uma festa celebrada na Roma antiga em que um dos rituais era a passeata da fertilidade, um evento um bocadinho sádico mas que pode explicar as crianças que nascem em Outubro e Novembro, nomeadamente as minhas duas filhas. Mas há muito mais para dizer sobre este dia que podem conhecer aqui.

Em todo o caso, é um bom motivo para deixarmos as crianças em casa dos tios, padrinhos, avós, etc (quem pode), e aproveitar uma noite a dois. As minhas preferidas são mesmo em casa a comer uma refeição ligeira ou uma seleção de tapas, acompanhada por um copo de sangria ou espumante Asti, vestidos com os nossos melhores pijamas ao som de uma seleção de musicas calmas, românticas e carregadas de recordações, seguida de um bom filme romântico (se possível com algum sentido de humor) que nos lembre que o amor vence sempre. E depois... depois deixo a cargo da vossa imaginação. Por agora peguem no cartão multibanco ou nas notas e vamos fazer umas compras:


cliquem em cada imagem/objecto para mais detalhes




Inspirem-se e boas compras ♥

13 comentários:

  1. Eu vou assinalar o dia com algo simples. Ainda não decidi como! =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes sempre esperar pelo meu post de amanhã LOL ;)

      Beijinhos

      Eliminar
  2. Uau! Eu como não tenho tido grandes celebrações neste dia, este ano já me dou por feliz em estar bem acompanhada...e depois logo se arranja maneira de celebrá-lo ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheh... haja imaginação e o resto vem com muito amor no coração ♥

      Beijinhos

      Eliminar
  3. Gostei da historia e gosto ainda mais conhecer pessoas felizes e de bem com a vida :) faz-me bem a alma :) Nos por ca vamos celebrar o dia no quentinho do lar pois la fora nao esta para bricandeiras, apesar de tambem nao ser muito fa do dia, pois para nos todos os dias sao dias de namorar :)
    Adorei as sugestoes ;)
    Bjinhosss e continuação de boa quarta*
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. és cá das minhas... também me alegro com a felicidade alheia... e em especial dos que têm um lugar no meu coração ;)

      Beijinhos, Matilde

      Eliminar
  4. Adorei saber um pouco da vossa história e nas tuas palavras transborda amor :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :) é mesmo uma história de amor ♥
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Tão linda a vossa história de amor :) Desejo-vos uma vida de igual amor, junto de quem vocês mais amam :)

    O meu Dia de São Valentim, vai ser um dia como os outros... Este ano, será assim :(

    Um beijinho Cris!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada querida Liliana :) Um dia encontrarás a pessoa que te completa verdadeiramente. Tive de esperar 34 anos para encontrar a minha ;)

      Beijinhos

      Eliminar