1.8.16

este post fala de amor

Este casal encontrou uma maneira doce de celebrar o 63º aniversário de casamento. A sua neta Shalyn Nelson, fotografa, decidiu oferecer-lhes uma sessão fotográfica, um presente que eternizou mais alguns momentos de uma vida a dois carregada deles. Esta sessão ocorreu no Inverno de 2014 e desde então muito aconteceu na vida deste amoroso casal.



Num belo dia, no ano de 1950, numa rua do Texas, Joe pediu a uma bela rapariga que passava na rua, para sairem juntos, dois anos depois o jovem casal casava-se. Tão simple assim...


 

O amor é simples assim. Serão 63 anos (atualmente 64) muito tempo? Não, nunca é muito o tempo que passamos com quem amamos. Nunca é muito o amor que trocamos, as palavras que ouvimos, os sonhos que concretizamos.
Joe encontra-se agora hospitalizado, lutando para sobreviver. Wanda mantém-se ao seu lado como uma ancora que não o deixa afundar. A vida é tão frágil mas o verdadeiro amor é forte, é eterno e dá luz. Se soubesses nós o dia de amanhã...

Preocupamo-nos com as guerras, os ataques, as loucuras, o que somos nós? Que fazemos nós se não matar os nossos dias afundados em trabalho, encantados com ilusões virtuais, viciados em jogos estranhamente criados para nos isolarmos ainda mais e ainda nos preocupamos, muito vagamente, com o futuro. Que andamos nós a fazer com o presente?


O que são 63 anos de uma vida a dois quando gastamos levianamente a vida que temos com coisas tão banais? 
Eu quero um amor assim. Um amor que some anos, some momentos, some alegrias e vença tristezas, um amor de [muitos] anos.

2 comentários:

  1. Tão lindo! Adorei. É mesmo isto que interessa, o amor. Eu também quero um amor assim.

    Beijinhos

    ResponderEliminar