5.3.15

...com o coração.


Não sei se acontece convosco nem mesmo se possuem esta vontade de chegar a algum lado. O certo é que há para mim uma linha tenua, muito tenua mesmo, entre o caminho que me leva ao meu objectivo principal e todos os outros caminhos que me distraem dele. 
É difícil manter o foco. Não perder o positivismo. Continuar a achar que, embora sem grandes certezas de como, um dia vai ser possível.
Quando se caminha em dois caminhos que às vezes se cruzam mas muitas vezes se mantêm paralelos, fica ainda mais difícil não perder o rumo, não misturar ideias, não perder o sentido prático. Não desanimar, não precisar de decidir por um dos caminhos em prol do outro quando não se sabe muito bem ainda por qual se quer optar e se, efectivamente, se quer optar. 
Não sei se acontece convosco mas não é fácil nos lembrarmos sempre para onde queremos realmente ir. É por isso que te tenho a ti. Não és sempre sábio nos pensamentos. Não és própriamente a coerência em pessoa nem mesmo o melhor conselheiro do mundo. Mas hoje, foram de ti que sairam as palavras certas. Aquelas que levarei no coração e chamarei à mente sempre que me perder algures pelo caminho - "Tem de dar certo porque farás com o coração, com o empenho de quem gosta"... 

1 comentário: