27.5.14

Voltando às origens


Sim, eu sei, já lá vão uns dias... foram dias de muito ruido por estes lados. Sabem quando despejam um monte de papelada na nossa secretária e de repente aquilo fica o caos e mesmo que não seja muito o trabalho é muita a desordem? Pois é... de repente a secretária virou caos e eu tive de andar a pôr tudo nos seus devidos lugares antes de continuar a rotina do trabalho normal.
E o que tenho andado eu a fazer? Para além de mudar fraldas, fazer papinhas, e pôr a roupa em dia... há um novo projecto. Para ser rigorosa o projecto não é novo eu é que sou nova nele.
PTteam é uma equipa de artesãos e apreciadores de vintage que se reuniram numa plataforma de vendas online chamada Etsy com uma especificidade comum: o Portugal no coração.

Este ano tem sido de grande análise para mim. Análise do que gosto ou não de fazer, o que posso ou não fazer, análise do meu negócio Koalita Party, de como nasceu, de como se tem desenvolvido e mudado.
Começou com uma herança de um amor deixado em Portugal - Fada Traquina. Aos poucos foi-se afastando dele e se redefinindo. Foi-se encontrando e eu fui me perdendo nele. 
Há dias em que nos colocamos questões do tipo estás a ser genuina em cada produto que coses? Ainda te encontras na filosofia que um dia te conquistou e te levou pelos caminhos do artesanato? És hoje fiel às tuas raizes?
Tenho de admitir que a PTteam funciona para mim como uma âncora. Por muito que navegue aqui e ali irei sempre voltar ao que sou. Ao Portugal dos Santos Populares, das sardinhas, da luz, da cor, da alegria vinda do nada, da mesa farta, dos nenhum motivo para ter festa, das conversas celebradas com tremoços e dessa, sempre presente, boa vontade. Assim volto às origens e comigo trago a minha Koalita.

2 comentários: