26.3.14

As escolhas, as amigas e o sonho maior


Há muito tempo que não me sentia assim, tão completa a nível pessoal e principalmente profissional. No inicio deste ano fiz um compromisso comigo mesma. - Depois de ter tido as minhas duas princesas que me/nos completaram a nível familiar e pessoal, senti como que uma missão cumprida... a família está completa, agora é vê-las e ajudá-las a crescer. - Um compromisso de viver com o essencial, de me preocupar com o importante para mim, para nós, de varrer o que me suga as energias exigindo uma entrega ilimitada. Foi por isso que foram tomadas algumas decisões mesmo sabendo que algo ficaria para trás, algo importante mas não essencial. Decidir deixar coisas que gostamos e nas quais já investimos muito tempo é uma tarefa árdua a nível emocional mas muitas vezes tem mesmo de ser para que possamos seguir os nossos sonhos maiores.
Mentalizar-me que as coisas também podem dar certo para mim foi outra luta interior mas que dia após dia tenho vencido nesta caminhada lenta montanha acima. Quando por vezes temos à nossa volta pessoas que põem em dúvida a nossa caminhada e acham que os nossos sonhos são grandes demais para dar certo há dias que parecem cinzentos demais e a caminhada fica ainda mais lenta e pesada.
Hoje tenho certeza que tenho feito as escolhas certas, aquelas que me deixam mais feliz, aquelas em que mais acredito e pelas quais tenho maior motivação para lutar, mesmo que por agora não sejam talvez as mais lucrativas. 

Felizmente tenho construido amizades sólidas aqui, nesta terra do individualismo. Muitas vezes me têm ajudado neste meu sonho que requer uma enorme dedicação e trabalho. A essas pessoas eu agradeço de coração. Cruzaram o meu caminho e fomos fazendo crescer uma amizade sincera e firme, como as amizades devem ser, sem interesses premeditados mas sabendo que num aperto estão lá a estender-nos a mão.
Sem talvez o saberem são elas também uma enorme fonte de inspiração porque o caminho que trilham não é menos dificil que o meu e os seus sonhos também são gigantes e quem dera eu podesse ser de alguma ajuda.

Olho em volta e sinto este calor na alma. Não tenho tudo o que quero, nem tudo corre sobre rodas e está pintado de cor-de-rosa. Não sou imune aos problemas e muitos tiram-me horas de sono. Mas encontrei finalmente um caminho. O meu. E com ajuda, paciência e motivação um dia alcançarei este meu sonho maior. Tenho plena consciência que vai demorar e vai exigir persistência e determinação mas, se os que estão ao meu lado acreditarem tanto quanto eu, um dia chegaremos lá.

Sem comentários:

Enviar um comentário