18.1.14

Janeiro



Já não me lembro do dia que aqui vim... desde então já muita coisa mudou. Menos tempo livre, menos organização, menos arrumação, mais stress... mas mais alegria e mais um sonho gigante concretizado.
Não posso começar 2014 aqui sem fazer uma retrospectiva do ano que terminou há 18 dias. Foi um ano difícil mas também muito especial.

Começou agitado, com algumas desilusões, a promessa de aqui vir escrever porque me dá prazer e porque queria encher 2013 de coisas que me preenchessem e me deixassem completa e feliz.
O ano passou e as intensões foram mudando. No principio de Março soube que estava grávida do nosso segundo sonho. Mais tarde ficámos a saber que seria uma menina. A Laura ía ter uma irmã para partilhar segredos e cumplicidades. A gravidez foi muito acompanhada no hospital o que criou alguma tensão e dúvidas. A energia da Laura e a forma aventureira como ela se coloca em perigo não me permitiu relaxar, estando sempre em alerta máximo. Foi uma gravidez bastante diferente da primeira, em que tinha tempo e paciência para quase tudo.
O ano acabou com o nascimento da Clara em Outubro. A nossa budinha que faz hoje 3 meses foi a luz deste ano que passou. Foi a realização de mais um sonho.
Outras pequenas realizações e aquisições foram alimentando os 365 dias do ano. Finalmente a máquina fotográfica tão desejada (oferta dos pais), a falta das tão desejadas férias em Portugal permitiram alguns passeios por estas bandas, trabalhos desafiadores, momentos difíceis ultrapassados. 2013 fez-me crescer. Fez-me olhar a vida de uma forma mais realista e menos naif. Muitas desilusões levaram-me a perceber a fragilidade de todas as relações, sejam elas entre pais e filhos, entre marido e mulher, entre amigos... as pessoas são imperfeitas, erram, a muitas falta-lhes a humildade para pedirem desculpa. Eu, talvez seja a mais imperfeita delas todas, exijo perfeição e entrega ao nível que eu me imponho... nem sempre pode ser ou dá para ser assim.

2014 CHEGOU! Renovam-se intensões. Organizo-me, tanto a nível pessoal como profissional. A expectativa de aqui deixar umas linhas ao longo do ano recarregam-me de esperança... faz parte do meu plano de acção para este ano, tão importante como beber o meu café pela manhã.
A Laura passou a frequentar a creche 4 manhãs por semana (3horas/dia). A Clara tenta agora dar-me algumas horas de sono. A dieta começou no dia 6, muitos kilos há para perder. A Koalita Party re-abriu dia 7, espera-me um ano de muita dedicação.
A vida começa a voltar ao normal, dentro do que é possível chamar de normalidade quando se tem uma criança de pouco mais de 2 anos e outra de 3 meses.

Janeiro é aquele mês em que ainda nos vamos libertando do peso que não queremos transportar no novo ano. É o mês em que começamos a planear férias, objectivos no trabalho, sonhos a alcançar na vida pessoal. Não vou fazer promessas nem me impôr a decisões. Quero sim um ano com menos stress, com mais amor, com menos gritos, mais beijos, menos desilusões, mais abraços... um ano que deixe saudade quando aqui vier escrever no próximo Janeiro.

2 comentários:

  1. Parabéns pela forma como escreves! Por segundos contive a respiração, e vi-me no meio de tanta agitação!
    A vida é mesmo assim, e como diz uma amiga minha, vivendo e aprendendo. Bom Ano 2014. O caminho faz-se caminhando! É um lema que sigo. Abraçp )

    ResponderEliminar
  2. Obrigada! Bom lema esse...
    Excelente 2014 também para ti :)

    ResponderEliminar