19.1.13

Só há pêras!



Esta semana não foi muito simpática para a minha pequena família. De repente tudo o que parecia estável e dado como certo fica carregado de incertezas, indecisões e desilusões. 
Acho que não há quem não sonhe em ter uma vida confortável a nivel financeiro. Fazem-se planos para um euromilhões que nunca sai, mas mantem-se sempre a esperança. Por vezes dou comigo a pensar se tanto dinheiro não nos iria estragar como pessoas, como seres sensiveis às necessidades do próximo, como amigos, como pessoas generosas que agora somos. Quando conheço alguém que não é nem um retrato fosco do que um dia foi por excesso de dinheiro nas veias fico sentida com o poder que o dinheiro exerce na nossa vida, de como a conduz, transforma, melhora, piora... como nos consegue afectar tanto.
Depois desta semana cheia de emoções ao rubro há que compesar com algo doce que nos aqueça a alma e nos lembre que ainda há pequenos prazeres na vida que não dependem do tamanho da carteira. E apesar da despensa estar quase vazia porque além da falta de tempo para umas comprinhas rápidas, o supermercado é o local mais frio que não me apetece pisar nos dias que correm, "Mas enquanto houver açucar há esperança!" - penso eu. Puxo pela cabeça, observo a fruta que temos, confirmo se temos ovos, farinha não falta e manteiga também não. O leite acabou ao pequeno-almoço - vou ter de pedir à cara metade que faça o favor de enfrentar o frio e vá ali à loja da esquina, afinal o leite é só para ele - mas o que não deve faltar é bolos sem leite. "Talvez um bolo com pêras, tenho aqui algumas, chegam com certeza para fazer um bolo." - digo para os meus botões.
Começo então a caça à receita. A oferta não é muita, uns dão muito trabalho, outros não tenho todos os ingredientes, a coisa está complicada. Encontro então este Bolo de puré de maçã e baunilha da Leonor de Sousa Bastos no seu blog Flagrante de Delicia - mais um da minha listinha de seleccionados (à direita). Mas eu tenho é pêras! Mas a vida também não é seguida à receita e nós vamos vivendo na mesma. Por isso transcrevi a receita para um bloco de notas, alterei alguns ingredientes de acordo com o "stock" da casa e cá vamos nós de meter mãos na massa e inventar um pouco. Depois eu conto o resultado.
Tenham um optimo sábado! ;)

Sem comentários:

Enviar um comentário