23.9.17

+ eu ♥ arrábia

A serra da Arrábida foi a minha terceira casa durante muitos anos. Nela vivi as minhas primeiras grandes paixões, nela conheci rapazes ainda mais tímidos do que eu, dela guardo as minhas melhores recordações. 

O Verão não era Agosto, o campismo não era só no Verão e as pessoas não eram aquelas com as quais cruzamos na rua, sem luz nem humor. A vida passava simples e desprovida de coisas mas provida de experiências. Um dia embrenhava-me pelo pinhal em busca de pinhões, no outro subia montes à cata de amoras, nos intervalos voava nos baloiços, com sol descíamos até à praia, com gula íamos às tortas (de Azeitão), os dias nunca eram iguais e as noites eram quase sempre longas, a cantar, a contar anedotas, a jogar ou simplesmente a contar as estrelas que iluminavam o céu. Nesta serra plantei pinheiros, tive medos de miúda e venci corajosa os monstros míticos da floresta. Nesta serra cresci de criança a adolescente, de adolescente a mulher. Nela fiz-me campista, aprendi a deixar igual ou melhor do que encontrei, descobri a natureza e o quanto é simples respeitá-la e, "de saco às costas", "sempre optimista" e "tendo o sol por companheiro", fiz amigos, fiz companheiros, fiz-me a mim pelos caminhos da, ainda (muito) pouco conhecida, Serra da Arrábida ♥








Hino do Clube de Campismo do Barreiro

I
De saco às costas
Rumo a novos horizontes
Pelas enconstas
E … pelas vertentes … dos montes
II
Sempre optimistas
Tendo o sol por companheiro
Marcham campistas
São campistas do Barreiro
III
Vem amigo … vem marchar
Connosco … por esses campos
Vem amigo aproveitar
O que a vida tem de encantos
Terás Sol … terás estrelas
Terás até o luar
Terás as coisas mais belas
Experimenta vem acampar
IV
A natureza
Quer ver-te no seu seio
Vem com destreza
Pois não há que ter receio
V
Somos amigos
E amigos dos leais
Vem à vontade
Porque todos somos iguais
Letra e música de João Lino

[imagens do arquivo (pre)histórico dos meus pais]

3 comentários:

  1. Tao bom ter memórias boas ������
    Tenho de ir a Serra da Arrábida e tu tens Edir ao Porto onde temos a Ponte da Arrábida e a Serra do Pilar ��
    Já disse q adoro acampar?
    Bjinhosss e Bom fim-de-semana
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu vivi nove anos no Porto, foi a cidade que me fez adulta ;)

      Beijinhos e bom fim de semana também para ti ♥

      Eliminar
  2. Não conhecia o teu blog, e quando o abro, encontro uma partilha de memórias que também fizeram parte da minha infância, adolescência e vida adulta. Também passava o mês todo de Agosto nesta serra maravilhosa. Comecei por acampar e mais tarde, passava este mês numa casa. Mas ainda hoje recordo com imensa saudade estes tempos. Não voltei a passar férias na Serra mais bonita do mundo, mas conheço cada canto, como conheço cada pedaço de mim. Adorei! Talvez ainda nos cruzamos. Costumava ir à praia para o Portinho ou para a praia dos Pilotos. Actualmente as coisas estão muito diferentes desse tempo mas o cheiro é inigualável. beijinhos

    https://saboresdoninho.blogspot.pt/

    ResponderEliminar