13.7.17

lista da felicidade

Já faz mais de um ano que estou a ler o mesmo livro. Na mesa-de-cabeceira, a capa de Um Verão em Veneza de Nicky Pellegrino, já faz parte da decoração. Não sei exatamente quando me perdi da leitura, continuo a ler bastante, notícias de português duvidoso, alguns livros mais técnicos, tutoriais, blogues e textos online que me vão passando pelos olhos. Nada, mesmo nada, substitui um romance em papel com cheiro de vidas contadas com imaginação. Vou tentando não perder o fio à meada de cada vez que as horas do dia me deixam abri-lo e absorvê-lo. 
Este livro inspirou o desafio que este mês decorre no grupo vidas [quase] perfeitas. É tão difícil sabermos o que nos faz realmente felizes depois de nos perdermos a criar a felicidade dos outros. É difícil voltarmos a nós e lembrarmos o que um dia nos fez sorrir, e será que ainda nos fará sorrir? Tomar consciência do que fazemos verdadeiramente com o coração e não por outra razão qualquer. 

Tem sido difícil para mim, reunir numa folha de papel, aquilo que me traz verdadeira felicidade. Tem-se demonstrado um exercício de descoberta e reconhecimento. Não cair no óbvio, não confundir a minha felicidade com a felicidade dos que me são mais próximos, é o maior desafio de todos.
Aos poucos a lista vai tomando forma e com surpresa eu descubro que preciso de dar mais tempo ao que me faz feliz.

4 comentários:

  1. Estes desafios estao a fazer-me tao bem, obrigada de coração :)
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. que bom Matilde :)
      Vão continuar a existir e contamos com a tua participação ;)

      Beijinhos ♥

      Eliminar
  2. Realmente é mesmo um desafio mas falo por mim, está a ser bem superado :P

    ResponderEliminar
  3. Deve ser bastante interessante, até ao nível da descoberta pessoal.
    Beijinhos

    ResponderEliminar