1.7.17

adeus Junho

Junho foi um mês difícil, muitas pessoas perderam a vida, muitas perderam tudo o que tinham, muitas perderam-se na vida. Eu observo de fora, espero sempre o fazer de fora, pergunto-me onde está a justiça, onde termina esta forma estranha de se desvalorizar a vida humana, onde está o poder que não tem pressa em agir pela vida mas é o primeiro a fazê-lo pelo dinheiro. Em quanto estará avaliada a vida humana, não é cotada em bolsa, desvaloriza a cada dia que passa numa decadência que nenhuma moeda conhece. Como chegámos aqui? Que linha de pensamento decidimos ter? Que valores estamos a implementar nas futuras gerações... Junho foi isto, cheio de más notícias, de vidas perdidas e de falsos consolos.

Cá por casa mantivemo-nos vivos, ao que parece é cada vez mais um desafio. Apego-me aos meus, aos que me trazem alegrias diárias, longe de falsas palavras e preocupações. Apego-me ao trabalho que me mantém com a mente ocupada e longe dos dramas diários que enchem redes sociais, jornais e telejornais. Apego-me às pessoas cujas vidas [tão quase] perfeitas continuam a lutar e a transmitir luz. Descubro em mim 30 coisas boas e sei que descobriria mais se houvesse mais dias no mês. E mais um mês passou...

Recebo Julho com esperança, como sempre, porque nunca a largo, anda sempre comigo, faz parte de mim. Esperança num mês calmo, esperança no acordar da humanidade, esperança no que vem aí.
Vai ser um mês diferente, os avós por perto, as miúdas com mais atenção, eu com tanto para colocar em dia. Vai ser o último mês de escola antes delas entrarem de férias. Vai ser mais um mês de muito trabalho.

Bem-vindo Julho! ♥

Bem-vindo Julho! ♥

1 comentário:

  1. Junho foi bom mesmo com dores, apesar das muitas perdas... Mas deu-me ainda mais coragem para receber Julho com sorrisos genuinos e muita alegria :) Julho e o mes dos meus rapazes :) Vamos fazer por ser um mes bom :)
    Obrigada #vidasquaseperfeitas
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar