1.4.17

adeus Março

Março, nunca me foste particularmente especial. És o mês da entrada da primavera, das primeiras flores, dos raios de sol mais quentes, dos dias mais longos, mas nunca foste um mês de festa, de marcos históricos, de notícias especiais,... até que chegaste tu, querido março 2017. Tu fizeste-me acreditar mais, e fizeste muito mais que isso, fizeste-me perder o medo. Não importa o resultado, não importa se serei bem sucedida, se conseguirei já a realização de mais este sonho. Só importa que me lançaste, me encheste de coragem, me obrigaste, me deste a oportunidade, me abriste a frincha desta janela que espero escancarar um dia. Não serás nunca mais esquecido. Deixaste de ser apenas mais um mês e passaste à minha pequena lista de meses especiais, aqueles que fazem parte do meu crescimento, da minha vida. Obrigada!

Foste um mês denso, organizado, onde os valores do essencial e do preferencial começam a tomar uma forma limpa e sólida. Aproveitei cada minuto de ti para fazer o que amo. Recebi o que de melhor há, amor, amizade e realização. Foste apenas o começo de um percurso que irei agarrar com unhas e dentes, como agarro todos os sonhos que tenho e tudo o que me faz feliz, mas o que custa é mesmo começar. Vou ser derrotada muitas vezes, vou apagar e escrever de novo, provavelmente ainda vou ter algumas dúvidas mas as certezas vão ser sempre maiores. Dou-te a minha palavra, não vou desistir. Para o ano encontramo-nos de novo, no mesmo dia 1, à mesma hora, irei contar-te sobre as minhas conquistas, aquelas que me obrigaste a começar. Adeus querido março!

Abril chega carregado deste sol interior que me ilumina. Não me deixes baixar os braços, não me obrigues a duvidar, faz-me continuar porque eu sei, lá bem no fundo, que estou a ir na direção certa.

Bem-vindo abril! ♥

1 comentário:

  1. Que lindas palavras! Que Abril continue a ser um mês de conquistas ;)
    Beijinho

    ResponderEliminar