1.12.15

Adeus Novembro


Deixo Novembro para trás de coração quente, de paz com o Mundo e sempre com a mesma esperança no ser humano. Deixo Novembro apaixonada pelo que tenho, pelo que construi e pelo futuro que sonho. Deixo Novembro a amar cada dia mais esta família que me abraça, me ouve e insiste em me apoiar. Deixo Novembro com os olhos mais abertos, a vida mais definida e a certeza de que 2016 vai ser um ano especial.
O último Sábado de Novembro lembrou-me a importância que a organização do tempo precisa ter na nossa vida, foi também prova de que o dinheiro não é tudo e estar com quem amamos não tem preço. O último Domingo ensinou-me que os braços mais abertos nem sempre estão perto e os abraços mais apertados vêm muitas vezes dos que estão longe.
Foi um mês de aprendizagem, mais um. Um mês de reflexão. Apesar das desilusões, a vida traz-nos o melhor de quem nada esperamos, isso apaga a descrença que pensamos nos estar a crescer na alma e nos dá uma nova visão do Mundo à nossa volta.
No cinzento dos dias aparecem sempre raios de luz nas horas entregues aos meus. Cada dia mais apaixonada por isto e cada semana mais deliciada com as vitórias.
Querido Dezembro, o mês do Natal, da vida mais doce, das horas mais lentas, da casa mais quente, de tudo mais leve. Dos meses que mais me enriquecem o espirito e a alma. Este ano vai ser diferente, vai ser muito nosso, como tanto o desejamos há anos. Vai ser o mês das promessas para um novo ano que começará com a nossa união formal. Vai ser o mês em que terminarei com esforço e muito trabalho as decorações do casamento, se fosse hoje seria tudo tão diferente... 
Não será com certeza um mês da corrida às lojas, a maior parte das prendas (que não serão muitas) já foram compradas, muitos postais já foram entregues, a casa já foi decorada há muito, este mês será dedicado áquilo que acredito seja o Natal: dar e receber tempo. Que Dezembro vos seja generoso.

Photography by | Fotografia por: Anna Elk

Sem comentários:

Enviar um comentário