8.4.14

Na lista de 2014


imagem e receita aqui

Mais uma decisão/objectivo que fez parte da lista de 2014: introdução de uma maior variedade de alimentos na minha/nossa dieta (alimentação).

Com a Laura a querer jantar algo mais para além de leite/chá e torradas - que era a nossa ementa para o fim de dia - e não podendo eu comer muito à noite senão dormir é um pesadelo, houve a necessidade de criar menus que se adaptassem a um novo estilo de vida.
Os almoços mantiveram-se tradicionais, cozinha portuguesa: carne ou peixe, acompanhamento e salada (sempre salada), aqui as novidades deram-se essencialmente a nível de temperos, menos sal e mais ervas aromáticas frescas. Já há noite tivemos de puxar pela criatividade e mudar um pouco os habitos. Dar oportunidade a vegetais e ingredientes que não usávamos e passarmos a ser mais intuitivos na execução dos pratos. Com alguma surpresa temos ficado fans de alguns novos sabores. A courgette foi o primeiro e a beringela veio a seguir. 
Entretanto a minha aventura culinária não fica por aqui. Com tanta mudança comecei também a fazer questão de experimentar novas combinações no pequeno-almoço, refeição que não consigo passar sem,. Tem sido uma verdadeira  e prazerosa aventura todas estas mudanças, ou melhor adições, alimentares.
De tal modo que começo a exigir muito mais coisas caseiras e a querer experimentar novas receitas e novos ingredientes. Fazer pão está na lista e mal posso esperar. Novos e sucolentes bolos cujas receitas tenho tropeçado pelos caminhos da internet também estão nos planos. É um facto que gosto de comer, também porque gosto de fazer e experimentar coisas novas, mas principalmente pelo que uma refeição suscita, a reunião da familia e/ou amigos em volta de uma boa conversa. Existe melhor oportunidade para se ter uma agradável conversa do que quando nos sentamos a uma mesa bem posta e recheada de iguarias?

Só me falta mesmo fazer o revamp da sala de jantar e não saíu mais da mesa!

Sem comentários:

Enviar um comentário