1.3.13

Hoje sonhei...

...com o mar. São tantas as saudades e a necessidade, que o mar fez hoje parte das poucas horas de sono que consegui reunir numa noite cheia de interrupções.


Tenho mesmo a fotografia que tirei no sonho gravada na minha memória. Caminhava para a praia e por entre árvores e arbusto apareceu ele azul brilhante emoldurado pela vegetação. Mereceu uma foto antes de seguir caminho até à praia. Marcava nesse dia umas férias à beira-mar e comemorava o acontecimento com uma fugida ao paraiso.
Estou mesmo cansada de não ter férias, férias que se digam férias. Nunca tive a febre de passar horas a torrar ao sol, mas neste momento dava tudo por um dia assim. Caminhar cedo até ao mar, estender-me na toalha a ler um livro, sentir a água gelada na pele quente, almoçar na esplanada, pegar nas trouxas e voltar para casa de rastos mendigando por um banho e um resto de tarde tranquila no sofá a ver um filme e a evitar a torreira do sol. Mais do que um sonho... uma absoluta necessidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário