15.1.13

Serão listas sinónimo de (des)organização?


Sim, sim, sou eu! Listas são o que mais tenho em todos os cantos da agenda, da casa, do frigorifico... a lista de afazeres da Koalita Craft, a lista de afazeres da Koalita Gifts, a lista de limpezas, a lista de "Do it yourself(s)", a lista de compras de comida, lista de compras de mobilia e pormenores decorativos, lista de compras para o trabalho, lista de coisas para arrumar e (re)decorar, lista de receitas a fazer, lista de temas para colocar no blog, não sei se me esqueci de alguma, talvez deva fazer uma lista das listas.

De tantas listas não pego em nenhuma. O dia de ontem desmotivou-me um pouco. O facto de não ter perspectivas para ir recarregar finalmente baterias, ver o meu querido mar de Portugal, matar saudades da familia e dos amigos, mostrar coisas diferentes à minha princesa... não tenho grandes esperanças de conseguir a documentação dela até Maio, não agora que o processo regrediu da estaca zero para a estaca -2. Sinto-me triste por estar presa nesta ilha. Tento não fazer disto o fim do mundo mas após quase 2 anos sem férias de jeito, um terceiro ano assim vai ser o fim do mundo sim!

Sem a minima disposição para nada a não ser procurar uma luz ao fundo do tunel, tenho a sensação de que 2013 está a cair no caos e ainda agora começou. Não! Recuso-me a viver mais um ano no caos. 2012 foi um pouco assim. Um ano que passou sem grandes conquistas, sem memórias inesqueciveis, sem grandes objectivos conquistados. 2013 não pode passar em branco! Duas páginas brancas no meu diário da vida é um tanto demais.
É por isso que decidi que vou ser chata. Já que a cara metade - 50% responsável por não comparecermos  no consulado (deixo os restantes 50% na mão do chefinho dele) - não enfrenta o inimigo, não se chega à frente, não toma uma atitude... pois serei eu a tomar. Este é o primeiro ponto na lista das listas.
Vamos lá massacrar os senhores e senhoras simpáticos do consulado!

Sem comentários:

Enviar um comentário