14.1.13

Portugal já esteve mais perto...

Tem dias em que só apetece espremer alguém! 
Até ontem por volta das 18:00 Portugal estava bem mais perto. Quando no silêncio do lar cai uma mensagem no telemóvel da cara metade. - "Pois que falta este e aquele não vem e o demais também acha que está frio para trabalhar... Deixa lá as marcações importantes, agendadas com tempo por orgãos superiores e vem mas é trabalhar que a tua vida desse lado pode esperar. Da mesma forma que esperou para o primeiro aniversário da tua filha que eu quis porque quis que o passasses em Inglaterra sem qualquer motivo especifico mas porque nunca se sabe... e depois vais estar longe. Mais a mais que coisa pirosa ir passá-lo com a familia. E a tua filha é inglesa, não faz sentido ires a Portugal!" - Tenham a santa paciência - que a minha já se esgotou faz tempo - se a minha filha é inglesa porque raio não tem direito a identificação inglesa? Inglesa o tanas! Nasceu na terá do nevoeiro e mais nada! 

Tudo organizado, marcação no consulado, papelada preenchida, fotos tiradas, documentação reunida. Puff! Não estou casada com médico mas até parece... em que outro trabalho se fica de prevenção? Ainda dizem que não há ninguém insubstituivél... pois não parece! Terceiro ano sem ir a Portugal? NÃO! Please!

E assim se começa a semana, de muito bom humor, cheia de paz e harmonia.
Espero que a vossa segunda-feira esteja a correr melhor, pelo menos de acordo com o planeado.

Sem comentários:

Enviar um comentário